sábado, 23 de janeiro de 2010

Bernado e Cristiana

Bernardo abre o jogo com Cris
Ela fica pasma com as revelações...


“Eu não sei por que eu cantei aquela música pra você. Só sei que quando subi naquele palco não consegui tirar os meus olhos de cima dos seus. Nos últimos tempos você tem me deixado assim...”. Bernardo está tão nervoso que, se o gato fosse parar para pensar, talvez seria mais sensato e não diria nada mais além desta frase

Ele continua a se explicar para Cris, que parece soltar faíscas pelos olhos azuis enquanto escuta as palavras do rapaz: “Com as outras garotas eu sempre soube o que fazer, sempre tive a maior facilidade... Mas com você, eu fico assim... Fazendo um monte de coisas sem saber por quê... Você sabe o que é isso?”.

Cristiana emenda, dizendo que se fosse outro garoto dizendo estas coisas para ela, ela teria certeza de que ele estaria apaixonado, mas sendo Bernardo, isto não é possível. Ele fica sem entender: “Por que não?! Você acha que eu não sou capaz de me apaixonar por alguém?”.

“Pelo que você demonstrou até agora, não”, responde ela. Ele termina: “Eu também não sei se tô apaixonado por você. Só sei que, agora, quando eu fico do seu lado, tenho vontade de fazer carinho em você, de chegar perto, de...”. Ele se aproxima de Cris, chega junto e quase a beija.

Em um surto de decência, ela o reprime: “Bernardo, eu tenho namorado!... Você por acaso tá dando em cima de mim?...”. Ele fica sem reação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário