quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

A loucura de Nanda


Bernardo se impressiona com os devaneios da irmã de Cristiana


“O que é isso, Nanda, o que que te deu?”. Bernardo não crê no que acaba de ocorrer. Nanda partiu para cima dele e lhe deu o maior beijo na boca! Ele coloca a gatinha contra a parede: “Te beijar? Da onde você tirou essa ideia?”

Nanda começa a viajar, dizendo que sempre achou que rolava um clima entre eles. Bernardo rebate na mesma hora: “Clima? Que clima? Você tá maluca?”. “Você sempre foi tão legal comigo, sempre sorriu pra mim, sempre me tratou tão bem...”, vai falando ela.

Ele tenta explicar: “Isso não quer dizer que eu esteja a fim de você. Eu sou bem mais velho, a gente não tem nada a ver!”. Ela começa a ficar mal e diz que pensava que ele gostasse mesmo dela e tudo mais, mas Bernardo dá a facada: “Pensou errado, Nanda, na boa, nunca vai rolar nada entre a gente!”.

Percebendo que não vai conseguir convencer o gato de sua loucura, Nanda muda completamente sua postura desesperada. Agora ela fica totalmente serena: “Você tá enganado, Bernardo. Nós fomos feitos um para o outro. Nosso destino é ficar junto. Tenho certeza. Você vai ver!”, diz, saindo de perto dele.

Bernardo fica impressionado com a irmã mais nova de sua namorada: “Essa garota é piradinha!”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário