terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Medo no mato!

Bernardo e a turma morrem de medo do chefe dos desmatadores!


Bernardo e Cristiana estão cada vez mais em companhia de todos os seus amigos que foram para o acampamento em Serra da Pedra. Gonçalo e Eleutério chegam trazendo mais quatro deles: Bimba, Fernandinho, Bia e Tati, que também foram encontrados nos arredores do casebre

Os jagunços amarram todos no mesmo local em que estão os primeiros detidos. Agora são onze adolescentes! Gonçalo e Eleutério comentam que agora é só esperar por Luizão, seu chefe, para que ele decida o que fazer com a molecada.

Quando Luisão entra, já dá o aviso: “Não estou muito bem hoje, não...”. Bernardo e Crsitiana ironizam o tamanho do chefe do bando: “Esse é que é o... Luizão?!”, solta a gata, enquanto Bernardo continua a piada: “Tá mais pra Luizinho...”. Eles prendem o riso. Luizão olha para os meninos e leva um susto:

“Mas o que é isso?! O primeiro congresso da infância e adolescência de Serra da Pedra?!”. Os capangas ficam morrendo de medo. Eles explicam que não havia o que fazer. Os garotos simplesmente foram aparecendo do nada pela mata. Luizão se revolta: “E vocês querem que eu me livre de 11 adolescentes de uma vez só, seus animais?!”.

“Eu vim aqui pra enviar duas almas para o céu! Não onze! Os dois! Pra fora agora!
Eleutério e Gonçalo saem assustados. Luizão sorri para a turma e diz que já volta. Lá fora, o que se ouve é só pancadaria. Luizão espanca seus capangas com muita vontade.

“Caraca! O que será que ele tá fazendo com os coitados?...”, comenta Domingas, morrendo de medo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário